B Lab Portugal e África Lusófona

O IES – Social Business School, através do Laboratório de Negócios Sociais, está a desenvolver a Comunidade de B Corps em Portugal e na África Lusófona! 

As B Corp estão a redefinir o conceito de sucesso nos negócios a nível global! Estas empresas são avaliadas segundo exigentes critérios, medindo os efeitos das suas operações relativamente a todos os seus stakeholders – Colaboradores, Comunidade e Ambiente –, e não apenas relativamente aos seus acionistas. 

Uma empresa B não ambiciona apenas ser a melhor DO mundo, mas a melhor PARA o Mundo!

Junte-se a este movimento e siga as novidades aqui!

Contactos: Afonso Fontoura | afonso@ies-sbs.org

(Últimas notícias: Jornal de Notícias, OJE, Anuário Biorumo 2014, Portal VER e Briefing AO)


Alinhe a missão da sua empresa com as práticas que desenvolve!

Para que a sua empresa se torne numa B Corp e faça parte desta comunidade é necessário que cumpra com alguns requisitos legais. Desta forma, a empresa assegura a incorporação da sustentabilidade no seu ADN à medida que cresce e que aumenta o seu capital externo, garantindo um maior alinhamento entre a sua missão e uma nova gestão, novos investidores ou até uma nova propriedade.

Benefícios dos requisitos legais:

1. Dar proteção legal aos Diretores da empresa de forma a que estes possam considerar os interesses de todas as partes interessadas e não apenas os dos acionistas, na tomada de decisão

2. Criar direitos adicionais para que os Acionistas possam responsabilizar os Diretores pela consideração desses mesmos interesses

3. Limitar estes direitos adicionais exclusivamente aos Acionistas


Disclaimer: A seguinte informação não constitui aconselhamento jurídico e é fornecida apenas como referência. Empresas interessadas em institucionalizar os seus valores incorporando a consideração dos interesses dos seus colaboradores, consumidores, comunidade e ambiente nos documentos que definem o modelo de governo da empresa, devem discutir com os seus Assessores Jurídicos os potenciais riscos e responsabilidades associados à adoção da linguagem abaixo apresentada. As decisões do Conselho de Administração, Órgão de Gestão ou Sócios em geral das B Corp serão avaliadas segundo normas de razoabilidade, boa fé e negociação justa no âmbito da respetiva jurisdição.

Requisitos Legais para empresas estabelecidas em Portugal:

As empresas constituídas como Sociedade Anónima (S.A.) e Sociedade por Quotas (Lda.)1 devem proceder às seguintes alterações:

- Alteração referente ao objeto da Sociedade

“Os objetivos da empresa são a promoção do sucesso da mesma em benefício dos seus sócios e através dos seus negócios e operações, ter um impacto global positivo significativo sobre a Sociedade e o meio ambiente, considerados como um todo.”

- Alteração referente ao capítulo sobre os Diretores da Sociedade

“No processo de decisão os gerentes executivos (ou administradores executivos) devem também ter em conta os efeitos sociais, económicos, jurídicos ou outros efeitos, de qualquer ação sobre os atuais funcionários ou aposentados, fornecedores e clientes da empresa ou das suas subsidiárias, e das comunidades e da Sociedade em que a empresa ou as suas subsidiárias operam, conjuntamente, a curto prazo, bem como a longo prazo, os interesses dos seus sócios (ou acionistas) e o efeito das operações da empresa sobre o meio ambiente e economia da região e do país.”

Esta alteração aos estatutos da empresa pode ser realizada por deliberação dos acionistas com maioria de votos ou outro limiar se especificado.

1 No caso de uma Sociedade com atividade regulada por lei poderá haver necessidade de outras adaptações.